(11) 947674887
Oferta da Semana Oportunidade para Investidor Imóvel ótima localização
Notícias

COPOM CORTA SELIC PARA 2% AO ANO E DIZ QUE SE HOUVER ESPAÇO PARA MAIS, É PEQUENO.

05/08/2020

Copom corta Selic para 2% ao ano; , e diz que, 'se' houver espaço para mais, é pequeno. 

 

Ajuste de 0,25 ponto foi o nono corte consecutivo na rota iniciada há um ano, quando a meta para os juros começou a descer do seu então piso histórico, de 6,5% ao ano.

 

Por Gustavo Ferreira, Valor Investe — São Paulo

 



Copom corta Selic para 2% ao ano; , e diz que, `se` houver espaço para mais, é pequeno

 

Sem novidades, chegou corte de 0,25 ponto na meta dos juros básicos. O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) do Brasil levou a Selic ao novo piso histórico de 2% ao ano nesta quarta-feira (5). A decisão foi unânime.

É a taxa de referência mais baixa desde 1999, quando o nível de preços no Brasil passou a ser controlado pelo regime de metas de inflação. Foi o nono corte consecutivo na rota iniciada em agosto passado, quando a Selic começou a descer do seu então piso histórico, de 6,5% ao ano.

Em seu último comunicado, há 42 dias, os diretores do BC projetavam que "um eventual ajuste futuro no atual grau de estímulo monetário" seria "residual". Ou seja, de menor intensidade que o anterior, de 0,75 ponto.

Este comunicado começou com um alerta para a maior crise já enfrentada pelo mundo desde 1930, após a quebra da bolsa de Nova York. No cenário externo, a pandemia da Covid-19 continua provocando a maior retração econômica global desde a Grande Depressão", diz o texto, e o que "o ambiente para as economias emergentes segue desafiador."

 

Nas partes finais, em que sinaliza seus próximos passos, o Copom sinalizou que, se o espaço para este corte já foi menor, para outros eventuais ficou ainda mais estreito. Ou seja, porta aberta para novos ajustes? Só uma frestinha de nada.

 

"O Copom entende que a conjuntura econômica continua a prescrever estímulo monetário extraordinariamente elevado, mas reconhece que, devido a questões prudenciais e de estabilidade financeira, o espaço remanescente para utilização da política monetária, se houver, deve ser pequeno", descreve o documento.

Pavimentou a nova referência nacional de juros para os mercados de crédito e investimentos, que passa a valer nesta quinta-feira (18), a inflação bem abaixo da meta estipulada para 2020, sob impacto da pandemia de covid-19. Antes da crise, no entanto, o nível de preços já estava moderado no Brasil.

meta do Banco Central neste ano é entregar uma variação média dos preços medida pela IPCA de 4% em 12 meses, com intervalo de tolerância de entre 2,5% e 5,5%. A última medição feita IBGE, medida pelo IPCA-15, aponta inflação abaixo do piso da meta em junho, de 1,92% ao ano. 
 

LEIA A ÍNTEGRA DO COMUNICADO

 

Em sua 232ª reunião, o Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu, por unanimidade, reduzir a taxa Selic para 2,00% a.a.

A atualização do cenário básico do Copom pode ser descrita com as seguintes observações:

No cenário externo, a pandemia da Covid-19 continua provocando a maior retração econômica global desde a Grande Depressão. Nesse contexto, apesar de alguns sinais promissores de retomada da atividade nas principais economias e de alguma moderação na volatilidade dos ativos financeiros, o ambiente para as economias emergentes segue desafiador;

https://valorinveste.globo.com/mercados/moedas-e-juros/noticia/2020/08/05/copom-corta-selic-para-2percent-ao-ano.ghtml 




Fonte: Valor Investi Imóveis

Outras Notícias

ÍNDICE FIPEZAP ABRE 2021 COM ALTA DE 0,35% NO PREÇO MÉDIO DE VENDA RESIDENCIAL.

Índice FipeZap abre 2021 com alta de 0,35% no preço médio de venda residencial. Avanço registrado em janeiro foi im...

A HORA DE COMPRAR SEU IMÓVEL É AGORA – SELIC 2,00%

A hora de comprar seu imóvel é agora – Selic 2,0% Em um momento de pandemia como o que vivemos atualmente, o valor de ter sua...

RENTABILIDADE IMOBILIÁRIA EM SÃO PAULO CONTINUA EM ALTA !

Rentabilidade imobiliária em São Paulo continua em alta. Indice chegou ao patamar anual de 5,6%, aponta levantamento do portal Imo...

CONSUMIDORES ESTÃO MAIS INTERESSADOS EM COMPRAR DO QUE ALUGAR IMÓVEL

M E R C A D O I M O B I L I Á R I O Consumidores estão mais interessados em comprar do que alugar imóvel Levantamento do Im...

TENDÊNCIAS DO MERCADO IMOBILIÁRIO, COMPRA E LOCAÇÃO - FIPEZAP

ÚLTIMAS NOTÍCIAS fipezap 08/2020 TENDÊNCIAS DO MERCADO IMOBILIÁRIO, COMPRA E LOCAÇÃO - FIPEZAP Clique...

PREÇOS DE IMÓVEIS SOBEM EM JULHO E SUPERAM A INFLAÇÃO EM 2020, MESMO EM MEIO À PANDEMIA.

Preços de imóveis sobem em julho e superam a inflação em 2020, mesmo em meio à pandemia. Segundo o FipeZap, ...

A HORA DE COMPRAR SEU IMÓVEL É AGORA SELIC 2,25%

A hora de comprar seu imóvel é agora - Selic 2,25% Em um momento de pandemia como o que vivemos atualmente, o valor de ter sua casa...

POR QUE ESSA É A HORA DE COMPRAR IMÓVEIS ?

Por que essa é a hora de comprar imóveis? Estudo da Abrainc mostra que ativos imobiliários representam um investimento com u...

O PREÇO DO IMÓVEL VAI SUBIR MUITO NO BRASIL, DIZ EMPRESÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVEL

O preço do imóvel vai subir muito no Brasil, diz empresário Incorporador Antonio Setin afirma que preço da constr...

IMÓVEIS PRÓXIMOS AO METRÔ SÃO MAIS RENTÁVEIS AOS INVESTIDORES EM REGIÕES NOBRES DA CIDADE.

Imóveis próximos ao metrô são mais rentáveis aos investidores em regiões nobres da cidade. Em div...
icone-whatsapp 1
redesp_facebook.pngredesp_skype.pngredesp_twitter.pngredesp_instagram.png
LANÇAMENTOS E PRONTOS - São Paulo / SP
Apartamentos - Salas Comerciais - Hotéis 

K L E B E R - Corretor de Imóveis / CRECI-SP 187488-F
www.kmimovel.com.br © 2021. Todos os direitos reservados.
Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias

Esse site utiliza cookies para garantir a melhor experiência e personalização de conteúdo. Ao continuar navegando, você concorda com nossa Política de Privacidade.